Reajuste de preços nos pacotes de RP (2019)

Assim como nos últimos anos, a Riot ajustou os preços dos pacotes de RP para acompanhar a inflação do Brasil. Os ajustes ocorreram no dia 05/03.

Como fizeram em 2015, 2016 e 2017 , os ajustes foram feitos conforme a variação da inflação nos últimos 2 anos. Para quem não lembra, no início de 2018 não houve um reajuste, pois segundo a própria empresa a inflação havia sido pequena, mas agora, com um valor acumulado maior, o mesmo foi necessário.

Como a situação muda ano a ano, ao longo de 2017 e 2018 tivemos o seguinte cenário inflacionário:

Inflação: 6.8% (IPCA 2017 2.95%, IPCA 2018 3.75% – Considere inflação sobre inflação)

Média do ajuste: 6.6%
Sendo assim, os novos preços corrigidos pela inflação serão:

Para cartões Pins:

  • R$ 10,00 – 525 Riot Points
  • R$ 20,00 – 1.100 Riot Points
  • R$ 40,00 – 2.235 Riot Points
  • R$ 100,00 – 5.770 Riot Points

Segue aqui um FAQ com as perguntas que costumam ser feitas nos tópicos de ajuste de preço:

“Se a inflação diminuir, o preço do RP vai diminuir também?”

Não sabemos ao certo, mas no geral, não se preocupe com isso. O cenário de “deflação” é – na verdade – muito ruim pra economia. Casos como esse indicam uma recessão onde gastos com entretenimento vão ser o menor dos problemas da população, que vai estar mais preocupada com o dinheiro pra comprar a comida do dia.

“Como funciona a inflação ou como ela causam um aumento nos nossos custos?”

Inflação é o aumento do preço médio de serviços e produtos (as causas e os detalhes de como ela funciona no Brasil ficam pra uma aula de economia). De forma simples, é algo (uma hora na lan house, um monitor de led ou um quilo de plástico pra fábrica fazer o monitor) que custava 10 e depois de um tempo passa a custar 12. Isso quer dizer que todos os custos que temos (aluguel de escritório, funcionários, materiais de trabalho do dia a dia, infra-estrutura de servidores, etc) passam a custar mais mês a mês. Como ajustar os preços em pequenas frações mês a mês não faz muito sentido, preferimos atualizar os preços no começo de cada ano, referente à inflação acumulada do ano anterior.

“Por que vocês não corrigem os pacotes para entregar mais RP ou diminuem os preços das skins? Não daria na mesma?”

Na verdade não. A conta é sempre feita através de RP entregue por Real. Se nós aumentamos o preço do RP mas entregamos mais RP, isso anula o efeito do reajuste e significa que não nos adaptamos ao aumento da inflação no fim das contas. É mais ou menos assim: a Riot passou a fazer brigadeiros (aeeeee). Para fazer 10 unidades nós gastamos R$8,00 (precisamos de R$0,80 para fazer cada bolinha de chocolate). Na hora de vender, cobramos R$10,00 pelos mesmos 10 brigadeiros (ou seja, cada brigadeiro sai por R$1,00).

Original

Fabricar: 10 x R$0,80 = R$8,00

Vender: 10 x R$1,00 = R$10,00

Saldo: R$10,00 – R$8,00 = R$2,00!

Tudo é lindo e doce, mas vem a inflação e aumenta o custo que temos para fazer 10 brigadeiros pra R$10,50.

Pós-inflação sem ajuste

Fabricar: 10 x R$1,05 = R$10,50

Vender: 10 x R$1,00 = R$10,00

Saldo: R$10,00 – R$10,50 = -R$0,50!

Pra mantermos a mesma proporção de antes, ajustamos nosso preço para R$12,50.

Pós-inflação com ajuste

Fabricar: 10 x R$1,05 = R$10,50

Vender: 10 x R$1,25 = R$12,50

Saldo: R$12,50 – R$10,50 = R$2,00!

Porém, se a gente começar a vender mais brigadeiro pelos mesmos 1 real de antes (por exemplo, vender 13 bolinhas de brigadeiro, cada um por R$1,00) a conta não fecha, porque o custo de R$ 1.05 é fixo por unidade).

Pós-inflação sem ajuste e com mais brigadeiros

Fabricar: 13 x R$1,05 = R$13,65

Vender: 13 x R$1,00 = R$13,00

Saldo: R$13,00 – R$13,65 = -R$0,65!

A mesma lógica se aplica para reduzir o preço das skins (as pessoas precisariam de menos RP para comprar conteúdo no jogo em igual proporção ao valor do RP reajustado, neutralizando o reajuste na verdade).

“Mas vocês só fazem conteúdo digital/virtual, não tem o mesmo custo de produção de uma fábrica de brigadeiros!”

Quem dera fosse doce assim. Manter uma empresa do tamanho da Riot, com a tecnologia necessária para tocar um dos maiores jogos online do mundo, requer uma quantidade insana de recursos. Parece razoável pensar que por vendermos itens virtuais não existe custo, mas é claro que não é assim, ou criar jogos de computador seria o negócio mais lucrativo da história. Gastos com servidores, funcionários, fornecedores, escritório, impostos, taxas e tarifas são necessários para termos nossa operação no Brasil. Ah, inclusive, todos itens que citei sofrem ajuste junto com a inflação.

“Por que o preço do SMS continua sendo muito menos vantajoso do que as outras formas de pagamento?”

Compras via  via SMS no Brasil nunca foram muito rentáveis (pelo menos para as empresas que oferecem este meio de pagamento). Basicamente, devido a diversas tarifas e impostos, a compra por esse método de pagamento custa muito mais caro para a RIOT do que as outras disponíveis. Entendemos que essa é a única alternativa para alguns jogadores e por isso ainda mantemos esse tipo de pagamento, mas para balancear as contas acabamos refletindo esse custo no preço do RP desse método.

> Página Oficial League of Legends

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *